Início Cariri COMOÇÃO, TRISTEZA E REVOLTA MARCAM SEPULTAMENTO DE MÃE E FILHO QUE FORAM MORTOS EM TRÁGICO ACIDENTE EM JUAZEIRO

COMOÇÃO, TRISTEZA E REVOLTA MARCAM SEPULTAMENTO DE MÃE E FILHO QUE FORAM MORTOS EM TRÁGICO ACIDENTE EM JUAZEIRO

5 Lido
0
4
2,618
#


https://caririnoticias.com.br/saiba-como-anunciar
https://www.instagram.com/msjoiasfolheada/
https://caririnoticias.com.br/wp-content/uploads/2022/06/uvaeverdedecoracoescaririceara.png
Os corpos de ambos foram sepultados no final da tarde e início da noite desta terça-feira no Cemitério Parque Anjo da Guarda

O “Príncipe” da Escola Gente Miúda, que funciona na Rua Frei Ibiapina (Bairro Pio XII) em Juazeiro do Norte saiu ontem do estabelecimento e não mais retornará para a tristeza dos coleguinhas. Pedro Lucas Rodrigues Paulo, de 5 anos, o “Pedrinho”, se juntou à sua mãe Maria Cleide Rodrigues Paulo, de 47 anos, no chamamento de Deus. Os corpos de ambos foram sepultados no final da tarde e início da noite desta terça-feira no Cemitério Parque Anjo da Guarda.

Os dois foram tragados na tarde de ontem pela violência no trânsito quando retornavam para casa no Sítio Gavião na zona rural de Juazeiro. Um clima de comoção, dor e tristeza invadiu o frio campo santo e até a chuva parou nas últimas homenagens à mãe e filho. Despedidas estas que não puderam ser acompanhadas pela modelo Clara Samira Rodrigues Paulo, de 22 anos, a “Clarinha” que fraturou a bacia no acidente e segue internada no Hospital Regional do Cariri.

A dor que sentia no momento se juntou com a angustia de ver sua genitora e o irmãozinho morrerem a alguns metros sem nada poder fazer. A mesma dor que repartiu com ambos há oito meses ao sepultarem a avó de ambos e mãe de Cleide no caso Dona Maria do Socorro. O filho dela é sacerdote em Cuiabá (MT) e veio encomendar o corpo da mãe. Nunca imaginou o padre Pedro Freitas Rodrigues que logo voltaria para celebrar as despedidas da irmã e do sobrinho.

O industriário José Ailton Paulo Flor parecia não acreditar que estava sepultando a esposa e o filho de uma só vez. A dor da despedida lhe fez muitas lágrimas escorrerem pelo rosto em meio ao consolo de parentes e amigos. Junto a estes, os colegas de Pedrinho que foram se despedir do simpático garoto já que a escola fechou suas portas nesta terça-feira. Professores e funcionários seguiram juntos num verdadeiro ambiente de solidariedade.

Uma pessoa era encarregada do transporte de Pedrinho no vai e vém até a escola, mas não pode fazê-lo naquela tarde fatídica de segunda-feira. Ele, também, era a imagem da tristeza. Uma tristeza que tomou conta de todos desde que Cleide, Pedrinho e Clarinha tiveram a moto em que trafegavam abalroada por um carro às 17h30min desta segunda-feira na CE-292 rodovia estadual que liga os municípios de Juazeiro e Missão Velha.

Por: Miséria

Comentários de Facebook
Carregar mais artigos relacionados
Carregar mais por Junior Moral
Carregar mais em Cariri

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

15 + quatro =

Verifique também

Crato realiza vacinação antirrábica neste sábado, 2

A Prefeitura de Crato, realiza neste sábado, dia 2 de julho, a vacinação contra a raiva an…