#


https://www.instagram.com/msjoiasfolheada/
A abertura terá, no entanto, restrições. Uma delas é o tempo máximo de permanência nos templos, determinado em 30 minutos. Controle será feito por voluntários
A Capela do Socorro, onde está o túmulo do Padre Cícero, também poderá receber a visita dos fiéis(Foto: Antonio Rodrigues)

A partir desta terça-feira (1º), as três principais paróquias de Juazeiro do Norte — Basílica Santuário Nossa Senhora das Dores, Santuário São Francisco das Chagas e Santuário Sagrado Coração de Jesus — estarão abertas para visitação, mas com restrições. A Capela do Socorro, onde está o túmulo do Padre Cícero, também poderá receber os fiéis.

Apesar da reabertura gradual, os templos estarão disponíveis apenas para orações breves e individuais, com tempo máximo de meia hora.

No último sábado (29), a Diocese de Crato, junto com os reitores destas paróquias, emitiu as diretrizes para a reabertura. Dentre as definições, a participação nos sacramentos ainda não será permitida. As celebrações seguirão acontecendo sem a presença de público para evitar aglomerações.

Apesar da fase 3 do Plano Responsável de Abertura das Atividades Econômicas e Comportamentais permitir a reabertura das igrejas, a Diocese, em comum com as três paróquias, optou por regras específicas, já que estão entre os “principais centros de romarias de Juazeiro do Norte”, disse em nota.

Entre os protocolos de segurança estão o uso obrigatório de máscara ao entrar e durante a permanência no tempo. Além disso, nas portas de entrada haverá voluntários medindo a temperatura para permitir ou não o ingresso dos fiéis. Estes também oferecerão álcool em gel para higienização das mãos. Os paroquianos também devem evitar tocar nas imagens, corrimões e altar, sentando apenas nos locais sinalizados.

Os horários para visitação na Basílica Santuário Nossa Senhora das Dores e Capela Nossa Senhora do Perpétuo Socorro são, respectivamente, das 13h às 17h e das 8h às 11h, de domingo a domingo. Já no Santuário São Francisco das Chagas, das 8h às 17h, de domingo a domingo; e no Santuário Sagrado Coração de Jesus, das 8h às 16h, de segunda a sábado, e das 10h às 16h, no domingo.

Esta restrição de horário é válida apenas para estas paróquias. As outras dos 32 municípios da Diocese também estarão abertas para visitação, mas cada uma delas vai definir seu tempo limite. Todas as reaberturas valem apenas para visitas e orações individuais, sem a participação nos sacramentos. “A pandemia da Covid-19 ainda semeia insegurança”, pontua Dom Gilberto Pastana, bispo da Diocese de Crato.

Quanto à retomada da vida eclesial das comunidades, o retorno das celebrações públicas e outras ações litúrgicas e pastorais, Dom Gilberto pede cautela: “Ainda é preciso um pouco mais de tempo. Estas continuam a ser oferecidas aos fiéis pelos meios de comunicação e redes sociais online”, completou.

Por: Diário do Nordeste

Comentários de Facebook
Carregar mais artigos relacionados
Carregar mais por Junior Moral
Carregar mais em Religião

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Verifique também

PF prende três suspeitos de integrar esquema milionário de tráfico de fósseis do Cariri para Europa

Três homens foram presos na manhã desta quinta (22) em Santana do Cariri e Nova Olinda, su…