https://www.instagram.com/msjoiasfolheada/

No dia em que se esperava o Barbalha Futebol Clube anunciar a contratação do goleiro Bruno Fernandes, o que aconteceu foi o contrário. O presidente Geisilúcio Gonçalves, também conhecido como Lúcio Barão, enviou áudio em redes sociais dizendo que não irá mais contratar o ex-goleiro do Flamengo. Segundo o áudio, Lúcio Barão diz que o prefeito do município de Barbalha, Argemiro Sampaio, pediu ao presidente tricolor que não contratasse Bruno e por ser o prefeito, o maior parceiro do clube desde 2017, resolveu acatar o pedido e desistiu de ter no elenco da Raposa Caririense, o goleiro Bruno Fernandes.

Tentamos contato com o presidente do Barbalha para falar melhor sobre o assunto, mas não tivemos êxito. O áudio do mandatário do Barbalha chama a atenção, devido a insistência anterior do próprio Lúcio Barão de ter Bruno no Barbalha. Inclusive, foi ele quem disse que já havia enviado um pré-contrato para que Bruno assinasse até esta sexta-feira (01).

Sem Bruno, o Barbalha escapa de uma onda de protestos. O Badalo teve a informação de que grupos contrários a contratação de Bruno, por ele ter sido o mentor do assassinato da ex-companheira, Eliza Samudio, já estavam organizando protestos contra o clube. O fato do Cariri ser destaque em crimes de feminicídio, a chegada de Bruno para o Barbalha, não era visto com bons olhos por muita gente, principalmente, grupos feministas da região.

Por Badalo

Comentários de Facebook
Carregar mais artigos relacionados
Carregar mais por Junior Moral
Carregar mais em Esporte

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Verifique também

Gusttavo Lima lança hoje o DVD “O EMBAIXADOR IN CARIRI”

O cantor Gusttavo Lima informou, através de suas redes sociais, que o DVD “O Embaixador In…