#


https://www.instagram.com/msjoiasfolheada/

Uma idosa de 87 anos, morreu na noite de ontem, dia 17/11, em um dos leitos de UTI do hospital Santo Antônio de Barbalha em decorrência de queimaduras. A aposentada Maria de Loureto Coutinho, de 87 anos, morreu num dos leitos do Hospital Santo Antônio em Barbalha, cerca de dez dias após a explosão do botijão de gás em sua casa. Ela residia na Rua Padre Verdeixas (Bairro Vila Alta) em Crato onde tudo aconteceu por volta das 23h30min de um domingo, dia 8 de novembro.

A idosa foi socorrida às pressas e foi parar no hospital barbalhense, mas não resistiu à gravidade dos ferimentos. Ela faleceu por volta das 20h30min desta terça-feira, dia 17/11 e o corpo terminou recolhido pelo rabecão a fim de ser necropsiado esta manhã na Perícia Forense de Juazeiro do Norte.

A idosa foi a segunda vitima fatal do incêndio. O jovem Samuel Pereira Moreira que havia socorrido a aposentada logo após a explosão, na ocasião ele também sofreu queimaduras pelo corpo vindo a ser socorrido ao um hospital do cariri e depois transferido um dos hospitais de Fortaleza, mas não resistiu e faleceu no último domingo, dia 15, nove dias do ocorrido.

Comentários de Facebook
Carregar mais artigos relacionados
Carregar mais por Junior Moral
Carregar mais em Cariri
Comentários fechados

Verifique também

POLÍCIA ABRE INQUÉRITO POLICIAL PARA APURAR A MORTE DA DIGITAL INFLUENCER LILLIANE AMORIM QUE MORREU APÓS UMA CIRURGIA DE LIPOASPIRAÇÃO

Liliane Amorim, de 26 anos, passou por uma cirurgia estética em 9 de janeiro e sofreu comp…