Início Cariri “Projeto Leitura na Praça: Trilhando os Caminhos do Saber” leva incentivo à leitura junto as crianças de Aurora

“Projeto Leitura na Praça: Trilhando os Caminhos do Saber” leva incentivo à leitura junto as crianças de Aurora

9 Lido
0
1
141
https://www.instagram.com/msjoiasfolheada/

Criado no mês de julho deste ano, o “Projeto Leitura na Praça: Trilhando os Caminhos do Saber”, objetiva único e exclusivamente uma aproximação mais direta das crianças com as práticas literárias. A iniciativa, de cunho humanitário foi idealizada pelos jovens Tiago Furtado, Verônica Ferreira, Janaína Saraiva e Rita de Cassia Furtado. A cada mês, são trabalhados livros específicos. Os encontros acontecem às sextas-feiras, sempre no horário das 19 horas, nas praças de diversos bairros do município de Aurora, em especial os mais vulneráveis.

O projeto foi iniciado com 48 livros, doados por amigos. Posteriormente, foi disponibilizado espaço numa emissora de rádio através do radialista Sandro Lopes para que o trabalho fosse amplamente divulgado. O defensor público Dr. Francisco Torres também ajudou a ampliar o acervo literário com doações de livros e gibis.

De acordo com Verônica Ferreira, o público alvo foi escolhido em virtude da digitalização do mundo, que tem afastado as crianças da prática da leitura.

“Essas crianças estão em um mundo tão digitalizado, que muitas vezes não se sentem atraídas pela literatura, pela contação de histórias, e o nosso maior objetivo é colocar essa prática na vivência dessas crianças para que as famílias incentivem e possibilitem este hábito”, frisou.

Em relação ao comportamento das crianças que participam do projeto, Verônica diz que os momentos tem sido de muito entusiasmo e animação.

“É tão maravilhoso e gratificante estarmos ali contando histórias e vermos aqueles olhos brilhando, pois o momento por mais rápido que seja a gente vê que eles ficam maravilhados com essa ação”, disse.  

Tiago Furtado relata que são escolhidos os locais mais vulneráveis, pois nem sempre há disponibilidade de praças em algumas localidades do município.

“Nem sempre teremos uma praça naquela localidade, pois procuramos os locais vulneráveis. Em alguns encontros, como por exemplo nas localidades da Vila Tuica e Vila Freire, que não tinham uma praça, mas que tinham moradores muito gentis que cederam o espaço para a gente”, ressaltou.

Janaina Saraiva lembra que o projeto é solidário de cunho social e não possui viés político/partidário. Também ressalta que estão sempre abertos a ideias da população.

“O Projeto Leitura na Praça: Trilhando os Caminhos do Saber é de cunho social, ou seja, não possui viés político/partidário. É um projeto em que nós temos uma preocupação pelo outro, esse outro são as crianças que participam e que são o nosso futuro. Cada vez mais a gente tenta expandir o projeto para futuramente alcançarmos um espaço maior na nossa sociedade, no nosso município, e que também fazemos uma deixa ao setor público, pois não deixa de ser um trabalho direcionado a política pública social. Com relação ao apoio, a gente está sempre aberto para ideias sempre nas redes sociais acatando as opiniões da população”.

O projeto tem conseguido almejar seus objetivos. Inicialmente, mesmo sem muita divulgação, quinze crianças participavam, hoje saltou para trinta e cinco, isso sempre com a presença das mães dos pequenos leitores.

“Isso pra gente é um ponto positivo, estamos subindo degrau por degrau e se Deus quiser chegaremos lá no topo”, afirmou Verônica Ferreira.

Vale salientar a importância da força e coragem da equipe, pois os quatro acreditam que mesmo diante das dificuldades, a leitura tornará a sociedade igualitariamente diante às camadas sociais.

“É importante salientarmos a nossa força e a nossa coragem, e de deixarmos de lado o medo, pois talvez fosse o medo que tivesse nos impedido de fazer este trabalho a mais tempo, então, parece que nós tiramos todas as amarras  e estamos indo sem medo, muito embora existam obstáculos, mas o que nos fortalece é sabermos é que nós como equipe, como grupo, estamos lutando por uma causa justa, social e que nós acreditamos. Diante do nosso desejo de uma sociedade mais justa acreditamos que através da leitura a nossa sociedade se tornará igualitariamente diante as camadas sociais é que nós estamos aqui dando o nosso máximo todas às sextas-feiras ao saímos do nosso trabalho, das nossas obrigações, que vamos para as praças, para onde for, pois acreditamos em nosso trabalho, mesmo porque, o pouco que nós fizermos será grandioso para essas crianças ”, finalizou.

Como doar livros

Por que não colocar uma oportunidade de ajudar a promover o conhecimento na vida das crianças?

Livros sem uso podem ser doados para o “Projeto Leitura na Praça: Trilhando os Caminhos do Saber”.  Se você tem um livro em casa que possa doar, basta entrar em contato com Verônica Ferreira través do WhatsApp: (88) 99854-1742.

Fonte: Aurora Notícias

Comentários de Facebook
Carregar mais artigos relacionados
Carregar mais por Henrique Macêdo
Carregar mais em Cariri

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Verifique também

Mais de quatro milhões de reais deverão ser gastos com reforma do Mercado Senhora Santana

O prefeito Arnon Bezerra pretende gastar  mais de quatro milhões de reais com a reforma do…